5 de dezembro de 2020

Conteúdo Profissional: o que é, como produzir para gerar engajamento

Marketing de Conteúdo Profissional: o que é, como produzir para gerar engajamento e qual a sua importância para sua empresa no Marketing Digital

Conteúdo Profissional

Na internet, conteúdo é tudo igual? Certamente você sabe que não é, muito pelo contrário, para o marketing digital o Conteúdo Profissional é a ferramenta que impulsiona toda e qualquer boa estratégia desenvolvida, tamanha a sua importância. Assim como a otimização de site, que trabalha em conjunto com o conteúdo e as gestão google ads, juntos formam o melhor pacote de marketing para retorno de investimento e engajamento do mercado digital.

Não se trata apenas de expor o que se quer transmitir. Existe a forma correta de fazer isto, sejam conteúdos escritos ou audiovisuais e a “forma correta” encontra razão no momento em que você torna aquele conteúdo agradável de se ler, ver ou ouvir e, ao mesmo tempo, agrega valor com a informação ali contida.

Não é quantidade, é qualidade. Poucas palavras, mas as “palavras” certas, diretas. O mesmo para recursos audiovisuais.

O que é Marketing de Conteúdo e Qual sua Importância?

Em suma, marketing de conteúdo é um planejamento estratégico que visa a produção de conteúdos que sejam relevantes, ou seja, que entregue conhecimento e valor para o seu público.

Ele precisa ser bem segmentado, de acordo com o seu público alvo e de acordo com o alcance e a estratégia de marketing pretendidos, independentemente do formato em que tal conteúdo se apresente.

É importante porque o “conteúdo” está em tudo: em sua página, nas redes sociais, em descritivos e em todo tipo de material ou canal que você utiliza. Enfim, é a base principal da comunicação com o seu público.

Qual a Função do Marketing de Conteúdo?

Se fizermos uma breve comparação do marketing tradicional, aquele que lhe apresenta um produto ou serviço logo de cara, contando o quanto este produto é bom, suas qualidades, etc., no marketing de conteúdo a intenção é bem outra.

Ele visa não interromper a sua atenção para aquele produto ou serviço, conseguindo atrair, engajar, informar e ainda promover a autoridade da marca. Ou seja, ele vai bem mais além. E acredite se quiser: um bom conteúdo é bem mais barato que algumas estratégias de marketing tradicionais.

O resultado são clientes satisfeitos e, melhor de tudo, fiéis ao que você está comercializando. Por este motivo, inclusive, o marketing digital considera tanto conteúdos relevantes, em todos os canais disponíveis.

Como Produzir Bons Conteúdos?

Muitas pessoas acreditam que um bom conteúdo seja aquele em que apresente uma informação importante, que seja de fácil leitura e que não tenha tantos erros gramaticais. De certa forma, um conteúdo válido precisa sim destas 3 premissas, mas não é só isso.

Existem outras premissas e muitas estratégias envolvidas. Técnicas fundamentais para que o seu conteúdo, seja ele escrito ou em vídeo/áudio, alcance os objetivos pretendidos, ou ele não tem sentido algum.

Confira agora algumas dicas de como produzir conteúdos assertivos para a sua estratégia de marketing:

1º – O Planejamento

Sem planejamento não se chega a lugar algum. Antes de sair escrevendo ou gravando seus vídeos, Podcasts, etc., faça um planejamento inicial sobre estes conteúdos, observando e definindo:

  • O perfil do seu público-alvo (você precisa “falar” de igual para igual com este público, ou ele não vai te entender);
  • Identifique em seu público suas dores, seus desafios, objetivos e suas necessidades. Seu conteúdo deve tentar apresentar solução para tudo isto;
  • Defina seus objetivos. Aliás, no próprio planejamento de sua estratégia de marketing, estes objetivos já devem estar presentes.

2º – Configure o DNA de sua Marca

Atendimento telefônico, de seus vendedores, representantes comerciais, seus posts nas redes sociais, sua página na internet e/ou blog, e-mail’s, etc., precisam estar devidamente alinhados com os conteúdos válidos para o seu público.

Esta é a construção de sua marca, que lhe representa e precisa estar presente em todos os canais de comunicação com o seu público. Funciona como uma identidade: a linguagem única.

Adotando uma “linguagem única”          em seus conteúdos, você facilita a absorção do que se pretende transmitir e a identificação de sua marca, de seu produto ou serviço.

3º – Os Canais Certos para Colocar seus Conteúdos

Conteúdo bem elaborado, estratégia bem definida, mas quais os canais para colocar todo este material? Isto porque cada canal possui sua particularidade e também a sua linguagem característica.

Para o marketing de conteúdo é possível diversificar toda a produção entre os diversos canais e mecanismos de comunicação disponíveis para isto, mas a escolha do canal certo é imprescindível para conseguir alcançar os objetivos propostos.

Dependendo do seu público alvo e do seu nicho, pode ser mais viável utilizar, por exemplo, as redes sociais como Facebook, Instagram, WhatsApp, etc., ou não, talvez seja mais eficaz cartas de venda (as chamadas copys) em uma página ou conteúdos explicativos em um blog.

Obviamente, utilizar um ou outro canal não significa que você não poderá também se comunicar com o seu público pelos demais canais. A questão aqui é produzir o conteúdo certo para o canal certo.

4º – Os Resultados Determinam a Eficácia do Marketing de Conteúdo

No marketing e principalmente no marketing de conteúdo nada é para sempre. Isto significa que toda a sua estratégia pode exigir alterações, conforme os resultados obtidos. Não se trata apenas de erro e acerto, mas sim de um acompanhamento efetivo de resultados.

Certas estratégias, certos conteúdos podem ter o seu valor em determinado período, mas podem não ser mais efetivos em outro, o que irá exigir novo planejamento estratégico.

Esse gerenciamento precisa ser contínuo, para que as metas propostas continuem alcançando seus objetivos.

Conteúdos Vendáveis e os Gatilhos Mentais

O gatilho mental nada mais é do que um estímulo para o cérebro humano para a tomada de decisão. Para que um conteúdo seja considerado “vendável”, ele precisa conter os gatilhos certos nos momentos certos, sem perder, por outro lado, sua efetividade de informar, de levar conhecimento.

Estes estímulos captados por nosso cérebro estão relacionados diretamente em um contexto social e emocional do indivíduo, ou seja, nossa própria mente é quem irá decidir se a compra ocorrerá ou não e o papel do gatilho é exatamente o de persuadir esta ação.

Os conteúdos e gatilhos devem estar adequadamente inseridos no conteúdo, conforme os objetivos propostos e o produto ou serviço comercializado.

Para se entender melhor o que isto significa, basta você mensurar que a tomada de decisão para a compra de um imóvel, por exemplo, é bem mais demorada e requer muito mais análise do que a escolha de um sapato ou um desodorante.

Percebe a diferença? Assim, estruturar um conteúdo vendável e que tenha os gatilhos certos vai depender muito da estratégia de marketing elaborada bem como dos objetivos à serem alcançados.

Max Blanc

Ceo Super Agência

Criador de Conteúdo, Gestão de Google ADS e Otimização de Sites

Owner Marketing Para Médicos

O conteúdo Conteúdo Profissional: o que é, como produzir para gerar engajamento aparece primeiro em Conteúdo Profissional, Otimização de Site, Gestão Google ADS.

Fale Conosco
Mande um WhatsApp