30 de novembro de 2020

Tempestade Theta bate recorde de 2005 ao se formar no Atlântico

Tempestade Theta quebra recorde de 2005

Tempestade Theta quebra recorde de 2005

NOAA/NHC/EFE – 10.11.2020

A formação da tempestade subtropical Theta aumentou para 29 o número de tempestades e furacões com nome na atual temporada do Atlântico, quebrando o recorde de 28 estabelecido em 2005.

Segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC, na singla em inglês), dos Estados Unidos, Theta, que se formou na noite de segunda-feira (10), no meio do Atlântico, apresenta ventos sustentados de 85 km/h e está localizada 1.545 quilômetros a sudoeste das ilhas dos Açores, em Portugal.

Foi, justamente, perto do arquipélago dos Açores onde, em outubro de 2005, se formou uma tempestade subtropical, como foi identificada pelo NHC, que se tornou 28ª da temporada, marcada pelo destrutivo furacão Katrina, de categoria 5, a maior da escala Saffir-Simpson, que causou mortes e danos materiais, principalmente na cidade de Nova Orleans, nos EUA.

Theta excedeu consideravelmente as previsões da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) dos EUA para a temporada atual. As projeções iniciais indicavam até 17 tempestades com nome, como a agência informou em agosto, após uma revisão de suas previsões antes do início da temporada.

Além da formação de 29 tempestades nomeadas, a atual temporada, que terminará oficialmente em 30 de novembro, estabeleceu outros marcos, como o impacto de cinco ciclones no estado americano da Louisiana, a última Zeta, que chegou às suas margens no final de outubro.

Theta, que se desloca para o leste a cerca de 19 km/h, não representa nenhum risco para as áreas povoadas e não foi emitido nenhum aviso ou conselho, de acordo com o NHC.

Fale Conosco
Mande um WhatsApp
01511987618725