Venezuela fecha contrato para aquisição de vacina russa Sputnik V

ByMax Blanc

dez 29, 2020
Venezuela vai receber 10 milhões de doses da Sputnik V

Venezuela vai receber 10 milhões de doses da Sputnik V

Sergey Pivovarov / Reuters – 22.12.2020

A Venezuela anunciou nesta terça-feira (29) que fechou um contrato com a Rússia para adquirir a vacina Sputnik V contra o novo coronavírus, com a qual o governo espera vacinar cerca de 10 milhões de pessoas, anunciou a vice-presidente do país.

Leia também: Venezuela tem mais de 100 mil casos registrados de covid-19

Em outubro, o país membro da Opep recebeu o primeiro lote da Sputnik V como parte do estudo clínico de fase três da vacina, do qual participaram aproximadamente 2 mil pessoas, segundo as autoridades venezuelanas.

“A Venezuela acaba de assinar o contrato para a aquisição da vacina Sputnik V”, disse a vice-presidente, Delcy Rodríguez, no canal de televisão estatal do país. “Esta é uma vacina segura, um passo adiante” na luta contra o vírus, acrescentou.

Aprovada em testes

Rodríguez disse, ao lado do embaixador da Rússia na Venezuela, Sergúei Melik-Bagdasarov, que o país está preparado para administrar as doses do imunizante à população em uma primeira etapa que prevê a vacinação de cerca de 10 milhões de pessoas, mas não deu detalhes de como será o processo de distribuição do medicamento.

Em agosto a Rússia aprovou sua vacina para a Covid-19 após apenas dois meses de testes em humanos, um feito celebrado por Moscou, mas questionado por especialistas pela falta de informações. A Argentina foi o primeiro país da região a receber doses da Sputnik V. 

A Venezuela registra 112.636 casos de coronavírus e 1.018 mortes, segundo dados oficiais. O país enfrenta a pandemia com um sistema de Saúde debilitado, passando por um colapso econômico e vivendo a deterioração de serviços básicos, como o fornecimento de luz e água. 

Fale Conosco
Mande um WhatsApp