Fiocruz pede uso emergencial da vacina de Oxford para a Anvisa

ByMax Blanc

jan 8, 2021

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro solicitou hoje (8) à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorização para uso emergencial de 2 milhões de doses prontas da vacina contra a covid-19 do consórcio Oxford/AstraZeneca que serão importadas da Índia. Pela manhã, o Instituto Butantan, de São Paulo, já havia feito um pedido emergencial para uso da vacina CoronaVac.

O uso emergencial possibilita que a vacinação tenha início em grupos de risco como idosos, indígenas e profissionais de saúde. Da mesma forma que estabelecido para a CoronaVac, a Anvisa estima que a análise deve ocorrer dentro de 10 dias corridos. A Fiocruz explicou que o pedido para registro definitivo do imunizante, que permita a vacinação em massa, deverá ser feito até o dia 15 de janeiro.

Leia mais…