Novo pedido de impeachment de Trump deve ser apresentado na 2ª

ByMax Blanc

jan 8, 2021
Congresso pode receber pedido de impeachment de Trump na segunda

Congresso pode receber pedido de impeachment de Trump na segunda

Carlos Barría / Reuters – 8.1.2021

A bancada do Partido Democrata na Câmara dos Representantes dos EUA deve apresentar um novo pedido de impeachment do presidente Donald Trump na próxima segunda-feira (11). A ideia seria votar o afastamento do republicano, que de todo modo deixará o cargo no dia 20, possivelmente no meio da semana que vem, segundo fontes ouvidas pela CNN norte-americana.

Leia também: Pelosi discutiu medidas para impedir Trump de iniciar ataques

Nesta sexta-feira (8), a democrata Nancy Pelosi, presidente da Câmara, pediu que os republicanos apoiem a iniciativa ou incentivem que Trump renuncie, como o partido fez em 1974, quando foi pedida a saída do então presidente Richard Nixon, envolvido com o escândalo de Watergate.

A possibilidade de que o vice-presidente Mike Pence invoque a 25ª Emenda da Constituição, que levaria a um afastamento imediato de Trump do poder, parece estar descartada, já que Pence não se manifestou a respeito desde que apoiadores do presidente invadiram e depredaram o Capitólio, sede do Congresso, na última quarta-feira.

Caminho da insurreição

Durante uma teleconferência com outros membros do partido, Pelosi disse que o novo pedido de afastamento de Trump recebeu mais apoio interno dos democratas do que o impeachment anterior, que chegou a ser aprovado na Câmara, mas foi barrado pela maioria republicana no Senado. “O presidente escolheu o caminho da insurreição”, disse ela.

O projeto pode ganhar apoio entre republicanos. O senador Ben Sasse disse, em uma entrevista de rádio, que conversou com funcionários da Casa Branca, que relataram que o presidente “estava empolgado com as cenas de caos que via na televisão” e que “não entendia como outras pessoas não estavam empolgadas como ele”. O parlamentar afirmou que estava considerando a hipótese de votar a favor do impeachment.

Questionado sobre a iniciativa, o presidente eleito Joe Biden disse que o procedimento “é uma decisão que compete apenas ao Congresso”.