Patente da Microsoft prevê criar chatbot até de quem já morreu

ByMax Blanc

jan 4, 2021

Você se lembra do episódio “Be Right Back”, o primeiro da segunda temporada de Black Mirror? Nele, a personagem vivida por Hayley Atwell contrata um serviço que cria uma inteligência artificial baseada em gostos, personalidade e forma de conversar do marido falecido (Domhnall Gleeson), enviando o resultado inicialmente como um contato virtual e depois como uma espécie de androide — o que gera inicialmente felicidade para a protagonista, que logo começa a perceber o quanto a situação é complexa.

O departamento de licenciamento de tecnologias da Microsoft recebeu a permissão de registro de uma patente com uma funcionalidade que lembra bastante essa premissa: criar um chatbot totalmente virtual capaz de simular a personalidade de alguém de verdade. 

Leia mais…

Fale Conosco
Mande um WhatsApp